1986

Prof. Pedro V. Marques, docente da Esalq/USP, cria um grupo dedicado a estruturar e organizar cursos direcionados para o agronegócio.

1999

Primeira turma do MBA em Agronegócios USP/Esalq - in company na FAMATO (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso)-Cuiabá/MT. Outros grandes parceiros viriam em seguida, como Banco do Brasil e Udop.

2003

Criação oficial do grupo de extensão Pecege-Esalq/USP, vinculado ao Departamento de Economia, Sociologia e Administração da USP/Esalq, no campus da Universidade em Piracicaba (SP). O foco do grupo são cursos de especialização, atualização e difusão em agronegócios, economia e gestão empresarial.

2004

Daniel Y. Sonoda, engenheiro agrônomo Msc e Dr em economia aplicada pela Esalq/USP, passa a integrar o grupo. O Pecege passa então a ter a coordenação do Prof. Pedro V. Marques e a gestão de Daniel Y. Sonoda.

2005

Os MBAs USP/Esalq passam a ser oferecidos abertamente para o mercado.

2010

O Pecege Esalq/Usp muda-se para escritório fora do campus da Esalq/USP. No novo espaço surge o primeiro estúdio do grupo para transmissões de aula a distância.

2011

Lançamento das primeiras turmas dos MBAs USP/Esalq na modalidade a distância com transmissão via satélite.

2013

Criação do Instituto Pecege, associação sem fins lucrativos.

2017

Com a aposentadoria do Prof. Pedro Marques, o grupo de extensão Pecege-Esalq/USP é extinto. O Pecege passa então a ser uma associação focada em produção e disseminação do conhecimento, tendo o Instituto Pecege como razão social.